{ Um recado }

Eu sei que você vem aqui e lê o que interessa. Eu venho aqui e escrevo o que eu quero.

Mas, note, não é porque interessa a mim e a você que esse texto é nosso. E eu podia me sentir bastante envaidecida por você copiar meus textos, mudar lá umas palavrinhas e assumir a autoria. Mas não. Porque antes de me sentir orgulhosa, eu me sinto ofendida. E você é jornalista, moça. Você devia saber escrever.

E supondo que não saiba escrever, devia ter aprendido que copiar textos dos outros não é só “feio, feio, feio!” como diriam as mamães. Copiar textos dos outros não é nada ético – pra não ter que dizer que é crime.

Ademais, estarei aqui escrevendo pra quando quiser ler.

____

Se eu mudasse de sexo, ia chamar Jorge. Jorjão. Ia ser muito macha e dar porrada em todo mundo.

_____

E sei que pra algumas pessoas nada disso interessa (e eu não ligo, desde que vocês cliquem nos anúncios antes de sair).

_____

Update: a moça me ligou e me pediu desculpas. Então, o nome dela sai daqui e vai ser editado nos comentários, ok? Porque todo mundo tem o direito de tentar corrigir o que fez.

  1. Tati Reis’s avatar

    Senhorita, outra lição que a sua mãe deveria ter te ensinado eh que mentira tem pernas curtas!
    Nojo de pessoas que acham que podem se dar bem às custas dos outros, nojo do jeitinho e da ignorância das pessoas que fazem as coisas erradas e acham que pode ficar por isso mesmo.
    Hoje você roubou as palavras da Leleca que nós, amigos dela, tanto imploramos para ela escrever. Amanhã vai ser o que?

    E eh jornalista!!! Isso me indigna muito!!!

    Responder

  2. JulioHM’s avatar

    The authors have deleted this blog. The content is no longer available.

    Surtiu efeito a reclamação.

    Responder

  3. Isa’s avatar

    Oi, Letícia!
    Tem gente que não tem personalidade e não sabe se expressar, mesmo sendo jornalista, como você disse. Imagina se não fosse.
    Como achou o plágio? É complicado, só queremos divulgar um pouco mais nosso trabalho, vem alguém e copia, como se tivesse sugado nossos neurônios. Ainda bem que já tomaram providências e deletaram o blog.
    Parabéns pelos posts, que todos nós sabemos que são seus!
    Beijos!

    Responder

  4. lidiane andrade’s avatar

    Caramba, lê, de novo copiaram teus textos? O povo é foda, também, quem mandou tu escrever tão bem e deixar os outros com inveja? E escreve mais, põe tua cachola pra fabricar novos textos….

    Responder

  5. Sil’s avatar

    Cansei de ver gente roubando meus desenhos, dizendo que foram eles que fizeram e ainda por cima, explicando a minha assinatura, que, daquele momento em diante, passou a ser deles. Adorei alguns novos sentidos agregados ao dragão (ou cavalo marinho, segundo algumas pessoas) e ao “traço”, “letra japonesa” e coisas do gênero que acompanha o animal (ah, se você for no meu blog, aquele dragãozinho que tem no cabeçalho, aquela é parte da minha assinatura… haha).
    Criatividade interpretativa é o que não falta.

    A “sorte” (não lembro a palavra que melhor se aplica) é que não tem bem como ‘mudar um traço aqui e ali e deixar parecido’. Não consigo entender como alguém pode fazer isso… É humilhante de mais na minha opinião…

    Responder

  6. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

    Isa, descobri o plágio por causa de um site: http://www.copyscape.com. Você bota seu endereço e ele procura por textos na internet. Bem bacana.

    Sil, esse negócio é chato mesmo. Sempre penso naqueles zé-ninguém que ameaçam famosos de plágio. Já pensou numa banda super-famosa fazendo fortuna às suas custas? Complicado…

    Responder

  7. Isa’s avatar

    Oi, Letícia!
    Obrigada pelas respostas aqui nos comentários!
    Vou usar o site sempre agora!
    Beijos!

    Responder

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *