{ Solitário }

Ele estava bêbado e há 24 horas sem dormir quando disse que nunca tinha ouvido um eu-te-amo. Eu não estava preparada pra aquilo. Fiz um carinho no cachinho do cabelo como quem tenta desatar um nó dentro do peito. Ele percebeu.

– Não precisa.
– Eu sei que não. Mas eu te amo.
– Você não me importa.

Eu já tinha ouvido tantos eu-te-amo, mas nenhum me importava como o dele.

Até hoje eu me pergunto que som teria e como sua boca se moveria pra me dizer. Se ele piscaria no meio da frase ou se me olharia fixamente. Mas não. Nunca. A improbabilidade desse fato é tanta que, a cada vez, imagino uma versão diferente. Uma roupa ou outra, às vezes nada. Com café ou cerveja, às vezes nada. Num monociclo, no lombo de um elefante, num jantar com o Neruda. Minha imaginação sabe que não pode criar uma história factível porque pode ser que eu acredite.

Eu arrisquei perguntar.

– Você quer que eu vá embora?
– Eu nunca quis.
– Mas também nunca me pediu pra ficar.
– Nem vou.
– É porque você não me ama?
– Eu também nunca disse isso.
– Você nunca diz nada.

Ele sorriu. Era sempre assim, sorria quando precisava fugir. Como se olhar pra todos aqueles dentes todos me desviasse da falta de resposta. Verdade seja dita, funcionou durante muito tempo.

– Me diga, o que você quer?
– Que alguém me ame.
– Mas não eu.
– Não.
– Por que não?

Eu acho que ele também não sabia. Nunca soube. Ele me queria lá, queria a pele, os cabelos, os bicos dos seios e a boca, mas queria que fosse outra.

Eu me levantei e fui embora. Ele não impediu. Eu voltei. Ele nunca disse que me ama.

Ele só queria que eu existisse.

  1. chế độ giảm cân 13 ngày’s avatar

    Right here is the right site for everyone who really wants to understand this topic.
    You realize a whole lot its almost hard to argue with you (not that I actually would want to…HaHa).
    You certainly put a brand new spin on a topic which has been discussed for a long time.
    Excellent stuff, just excellent!

    Responder

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *