{ Gangue }

Texto originalmente publicado em 30/05/2008, quando este blog era hospedado no Portal RPC.

_____

Um desses dias normais. Uma manhã cinzenta, típica de Curitiba. Mas não se anime: eles também não se intimidam com o sol.

Eles são violentos. Eles não têm piedade. Mesmo que você esteja preparado pro ataque e tente fugir, eles te alcançam. Quando consegue se dar conta, já está em poder deles. Sequestrado. Amarrado. Amordaçado.

“Nada de mau vai acontecer se você ficar quietinha”. Mando uma mensagem de socorro pelo celular. Nada. Ou eu não tenho crédito ou ninguém está preocupado comigo. Talvez já tenham pedido o resgate e os meus entes queridos estejam proibidos de fazer contato.

Começo a perceber que preciso de um plano. Eu que não vou ficar aqui sabe Deus até quando! Inicio uma análise de possíveis saídas e afins. Digo que preciso fazer xixi, assim posso observar melhor o ambiente. Um deles me acompanha – eu noto uma saída um pouco há frente. Ensaio uma corridinha estratégica quando eles parecem distraídos. É agora.

Cruzo o corredor triscando. Começa a perseguição. Eles atiram, e eu sinto que fui atingida. Olho pra trás e vejo os edredons em formação me atirando travesseiros e os lençóis logo ali no meu encalço.

Não tem escapatória. Eu volto pra cama pra dormir mais meia horinha.

É assim toda manhã. Os lençóis me amarrando na cama, os travesseiros ensaiando sufocamentos e os edredons na retaguarda. A gangue da cama quentinha ataca milhares de cidadãos todos os dias e ninguém faz nada. Cadê as autoridades? Cadê a polícia?

ilustração: Chantal Wagner Kornin

  1. Liber’s avatar

    Bem bacana o texto. E as ilustras da Chantal estão ótimas.
    Muito bom!

    Responder

    1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

      Liber, brigada! Bom “ver” você de novo. E a Chan manda muito bem mesmo. :D

      Responder

    2. lidiane andrade’s avatar

      muito massa este texto, né? e essa menina desenha muito bem tbm….

      Responder

    3. cu-cunhada’s avatar

      AAAH! Acho que sei o porquê desse texto reaparecer aqui! ADORO essas “coisas que não fazem a menor diferença!!”

      Responder

    4. Clare’s avatar

      Puxa, isso me acontece todos os dias!!!!! A não se depois das 10am… Este será sempre atual!

      Responder

    5. Isa’s avatar

      Adoro textos com um final surpreendente!
      Muito bom!
      E, sim, quando alguém inventar a solução pra preguiça matutina será a salvação desses milhares de cidadãos! Como é difícil acordar cedo…
      Beijos!

      Responder

Reply to Isa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *