{ Em 2010, eu, pela primeira vez… }

Tenho advogados. Ah, tenho.

Era isso que eu ia contar ontem; ia sim, eu juro. E, pela primeira vez, eu furei o Meme das Antigas. A questão é que os textos não-escritos vão-se embora pra Passárgada, onde tem prostitutas bonitas pra gente namorar, e não voltam mais. Nem têm a decência de deixar um bilhetinho. Humpf.

É como largar o prato de sorvete pela metade e atender a síndica faladeira na porta. Mesmo se der sorte de as formigas não invadirem a gosma derretida, é em vão devolver a delicinha pro mundo das temperaturas polares. Aquele sorvete nunca mais será o mesmo. Se abandonar seu texto pela metade, recomendo não pensar mais no assunto. Ele voltará com os cabelos azuis e negando qualquer parentesco.

E ontem, ah, ontem, quando eu não escrevi aquele texto, eu fiz um ultrassom no olho pela primeira vez (note a reviravolta fantástica do roteiro). O bacana de exames de vista é que nunca se sabe que tipo de tortura vão aplicar em você. Sempre apresento um certo tremor e um tique quando a moça diz “encoste o queixo e a testa, por favor”. Uma geringonça que sopra, outra emitindo flashes e eu me perguntava em que momento uma agulha de 15 cm ia ser ejetada para perfurar minha córnea ferozmente. Mas nada disso era o ultrassom.

A médica pediu pra fechar os olhos – o que é relativamente bom, mas a indefinição dos acontecimentos dá um certo pânico. Eis que um gel encobriu minha pálpebra e uma superfície metálica levemente aquecida pressionou meu globo ocular. Opa, começa a pegadinha: “por favor, olhe para a direita” – e eu pensava que, se ela parasse de pressionar, talvez eu conseguisse mexer meus olhinhos pra algum lado. “Agora para a esquerda”. A falta de lógica de olhar para um lado ou para outro estando com as pálpebras cerradas é desconsiderada quando se verifica a possibilidade iminente de ter o globo ocular grudado no cérebro.

Não é um procedimento que eu recomende para os momentos de ócio. Se estiver aí desocupado, indico tomar um sorvete, conversar com a síndica ou achar umas prostitutas bonitas para a gente namorar.

___

Mais um do Meme das Antigas do MaxReinert. Até o final de Dezembro, um tema – e um post – todos os dias. Se você quiser entender como funciona, clique aqui. O blog do Max tem o link de todos os que tão participando. ;)

  1. Sil’s avatar

    Que coisa mais Laranja Mecânica! Por um acaso tinha algum médico com a cara do Kubrick? Tem certeza de que não te submeteram ao Método Ludovico (acho que é isso, se não me falha a memória)?
    Medo por vc!

    Responder

  2. Paulo’s avatar

    Concordo: que coisa mais laranja mecânica!

    É a primeira vez que ouço falar de ultrassom nos olhos.

    Responder

  3. Liber’s avatar

    Amigo meu foi levar o pai para fazer uma cirurgia de catarata. Daí a moça falou: “ah, a injeção no olho é cortesia”.

    Injeção de anestesia, sabe?

    A injeção no olho é cortesia.

    Tem muitas gentilezas nesse mundo, a gente só precisa saber procurar…

    :-P

    Responder

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *