{ Defina: mulher moderna }

Ela é independente. Paga as próprias contas, sai quando quer e não precisa de ninguém para trocar a resistência do chuveiro.

Ela é sexualmente bem resolvida. Arranja um ou outro namorado, se enrosca com um ou outro cara, dorme com quem quer, quando quer. Sabe o que gosta e o que não gosta.

Ela é divertida. Nos bares, tomando seus drinques, fazendo piada e não levando a vida muito a sério.

Se você está noiva, não é uma mulher moderna. Casada também não. Estar realmente envolvida com alguém implica em dividir coisas: contas, cama, bebedeiras. E a mulher moderna não divide, porque é voltada só a ela mesma.

Eu faço o que eu quero, quando eu quero, porque eu posso.

Ser moderna é ser sozinha. Em casa, sem mais ninguém e sem uma garrafa de vinho, ser moderna é ser triste.

  1. Marina’s avatar

    pessoas foram lá, rasgaram os sutiens em praça publica, mas ninguem me perguntou se eu gostaria de além de cuidar da casa, roupas, fazer comida, pagar as contas, ainda trabalhar 7 dias por semana e voltar pra casa sozinha, sem ninguém pra escutar um bla bla bla interminável feminino…

    Alé disso a revolução feminina ainda fez a festa da macharada!

    Observação importante: eu nunca deixaria de trabalhar e ser independente apesar de tudo hehehehe só queria mesmo uma empregada, já tava ok pra começar :P

    Responder

    1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

      Marina, a gente assiste Sex and The City e acha lindo, mas cadê elas faxinando o apartamento? Hahahahaha!

      Julio, na verdade eu tou com saudade do marido que foi viajar há 3 horas e volta daqui a 3 dias! Nem um pouco moderna! ;D

      Responder

    2. JulioHh’s avatar

      Sofrendo de modernisse aguda?

      Responder

    3. Isa’s avatar

      Sempre quis ser uma mulher moderna. Terminei relacionamentos pra ficar sozinha e poder fazer tudo o que eu queria. Mas, nesse momento, me dou conta de que a mulher moderna é muito triste, sim!
      Esse post resume extremamente bem os prós e contras de ser totalmente independente… e aí, o que vale mais a pena? Casar e ter que dar satisfação a alguém, ou ficar sozinha em um apartamento o resto da vida, viajar muito e chegar em casa sem ninguém pra abraçar?
      Beijos!

      Responder

    4. lidiane andrade’s avatar

      Eu sou casada e mãe, e me sinto uma mulher moderna. porque? porque eu não sou submissa, porque eu, quando estou trabalhando (no momento ainda desempregada) não pagao minhas contas, são nossas contas, porque eu não acredito em casamento e divisão de dinheiro. Aqui as contas são todas dos dois, com exceção do salão de beleza, mas ele gosta da mulher uma belezinha, né? Então, é tuod meio-a-meio, sem ter que ficar dando satisfação por submissão. Eu não peço, eu aviso. E acho que tem que ser assim. Sobre os filhos, geralmente eu decido, mas se for muito importante, é debatido entre nós dois. isos é ser moderno. Ser antiquada é ser submissa, ter que pedir pro marido isso ou aquilo. Mesmo que só ele trabalhe, não significa não ser moderna. Não ser moderna significa não se sentir igual em direitos, porque em casa sempre tem muito trabalho a se fazer também, e nunca é remunerado. deu pra entender? Agora vamo ali tomar uma cervejinha que eu fiquei com sede de tanto falar.

      Responder

    5. Tati Reis’s avatar

      Tb não me perguntaram se eu queria queimar o meu sutiã!!!
      E confesso que tem dias, daqueles q vc trabalha 12 horas por dia e chega em casa só o fiapo, que eu tenho uma nostalgia do tempo que eu não vivi.

      Responder

    6. Sil’s avatar

      Namoro, amo, sofro, sou feliz, fico puta da cara, não levo nada muito a sério se não meu relacionamento, me irrito, choro, sorrio, faço pessoas rirem, certos momentos desejo nunca ter conhecido a pessoa com quem, em outros momentos, pretendo passar o resto da minha vida…
      nts.
      É, não trocaria nada disso pela “modernice” na qual morava antes. :)

      Todo mundo tem que passar por todas as situações pra aprender do que é feita a vida…

      Responder

    7. Bruno’s avatar

      É regra mesmo? Ser moderna = ser sozinha = ser triste?

      Não sei se neste ponto a cabeça feminina realmente pensa diferente. Eu acho que dá pra ser feliz sozinho ou acompanhado, moderno ou tradicional.

      Quase todos os meus amigos já estão casados ou morando junto com as parceiras e eu os vejo muito felizes. Eu continuo solteiro e no momento não me considero nem um pouco solitário ou triste. Tudo depende de quão bem você se vira sozinho e quão independente se quer ser. Tenho vontade de ter filhos, mas não de casar. Um namoro aqui, um rolinho ali, mas se me sinto cobrado ou com a liberdade cerceada de alguma forma, já vou logo pedindo pra sair.

      Mas se acontece algum dia de me sentir sozinho, vou logo procurar alguém, não fica quieto em casa sofrendo. Seja com amigos, seja com alguma amiga, ou alguma namorada. Ser solteiro não é sinônimo de ser sozinho. Mas envolve o risco de ficar sozinho.

      Enfim, cada um tem seu estilo de vida e gosta de coisas diferentes. Dá pra ser feliz sem seguir o roteiro tradicional sim.

      Responder

    8. Carola’s avatar

      Meeee, sou ultra-moderna então! Sabe, tenho minhas dúvidas se é a cabeça feminina que pensa mesmo assim. Ah, putz! Acabei de lembrar que fiz um quiz hj que me disse que meu cérebro é masculino. Pronto, agora nunca vou saber ao certo.

      Mas taí uma boa coisa a se pensar: o que é ser moderna afinal?!? Dá pra ser moderna e romântica, simultâneamente?!? Temos que redefinir este, ao que tudo indica, novo “estado civil”.

      Responder

    9. Emerson’s avatar

      Adorei seu espaço aqui… quase sempre escrevo sobre as mulheres… modernas… voltarei mais vezes!

      Responder

    10. Sil’s avatar

      Ser moderna é ser e estar feliz e satisfeita com as próprias escolhas independente do que os outros esperam ou digam de você. É, antes de qualquer independência, viver longe da culpa e de bem consigo mesma. Parece orelha de livro de auto-ajuda, mas é o que eu penso… E na minha concepção, eu ainda não sou moderna porque ainda carrego estigmas de gerações anteriores sobre a maternidade e para ajudar guardo em segredo algumas idéias absurdas do esteótipo da da mulher modelo 2000.
      Posso fazer uma sugestão? Escreve sobre a mulher caos, aquela que nunca sabe de que lado está e a vida é sempre uma bagunça! :D

      Responder

Reply to Marina Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *