{ Coisas de Amélia }

Ah, a independência doméstica! Uma casa só sua, pra lavar, passar e cozinhar como bem entender. Quer dizer, mais ou menos. Apresento quatro frases batidas que devem ser consideradas caso você pretenda se tornar Amélia, uma mulher de verdade:

___

1. Sempre alerta!

As pessoas que escrevem sobre vida doméstica querem fingir que você tem uma vida. Não acredite. Nunca cometa a sandice de deixar a roupa (ou a louça) lavando na máquina para realizar qualquer outra atividade a mais de 100 metros de distância. Nunca. Eu sei, eles vão dizer que é seguro e totalmente aplicável no dia-a-dia – eles estão errados.

Máquinas de lavar são seres vivos carentes dotados de vontade própria. Quando notarem que você não está por perto, soltarão as mangueiras de escoamento de água, transbordarão espuma, farão barulhos estranhos e mancharão suas roupas de graxa.

Seja amoroso e mostre sempre que está por perto.

___

2. Decepção não mata, ensina a viver.

A receita dizia que seu caldo de galinha ia levar meia hora pra ficar pronto. Sua amiga disse a mesma coisa pelo telefone. Você acredita, mesmo que todos os chefes de cozinha do mundo tenham dito que esse é um processo lento e doloroso. Seis horas depois (eu disse seis horas!), você obtém o suco de uvas Gummy dos risotos – um caldo de galinha com aparência bacana.

A primeira reação é acreditar que, por ter gasto cinco horas e meia a mais que o previsto, esse será o almoço mais incrível da história. Faço as apresentações: você, decepção; decepção, você. A cozinha, como o futebol, é uma caixinha de surpresas. Ambicionar acertar o ponto de qualquer coisa, do ovo frito à panna cotta, trará frustração em 90% dos casos.

Seja desapegado: lave suas caçarolas e comece tudo de novo.

___

3. Desgraça pouca é bobagem.

A vida doméstica é como um relacionamento amoroso: exige exclusividade. Não a desmereça. Não traia seu fogão com uma soneca enquanto os biscoitos assam, nem com uma conversa prolongada pela internet. Se fidelidade não é seu forte, sugiro um curso de primeiros socorros e procedimentos de emergência com a vizinhança – você não vai querer que a velhinha de 75 anos da porta ao lado ligue o ventilador para dissipar o gás que vazou enquanto você sonhava que Ivete Sangalo era sua amiga íntima (e vocês tomavam café e comiam bolinhos).

Seja fiel ao funcionamento do seu forno; dedique-se exclusivamente a vigiá-lo (cantar “I’ll be watching you” durante o processo é opcional).

___

4. Se conselho fosse bom, não se dava…

Contrate alguém que faça isso tudo por você. E vá ao cinema.

___

ilustração: Chantal Wagner Kornin

  1. San’s avatar

    hahahaha que ótimo… já deixei a máquina ligada.. e vazou água e molhou até a sala do apto… já virei o botão do gás do forno e esqueci de por fogo.. já fiz N receitas q NÃO deram certo.. resultado… sou péssima na cozinha…. no fim de tudo, acabei aceitando o conselho do meu maridinho.. “fique longe da cozinha”.. hahaha

    Responder

    1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

      San, eu já fiz de um tudo na casa. Mas hoje em dia eu sou uma dona de casa bem razoável, hahahaha! Ainda bem, porque eu fico em casa o dia todo… ;D

      Responder

    2. Tati Reis’s avatar

      A Lalá me liga e manda eu ler o teu último post. Deve ser por causa do sonho da Ivete ou o “I´ll be watching you”, pq com as outras coisas eu não me identifico.
      Sou uma dona de casa exemplar, daquelas que guarda comida estragada na geladeira até a diarista vir limpar a casa (assim a comida não fica fedendo no lixo – q eu nunca tiro, o Samuel faz isso – e tb não tenho outra louça suja na pia). E as máquinas de lavar me obedecem, mas o microondas tem uma birra com o Samuel desde a pipoca de tomate com manjericão.

      Responder

      1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

        Mas é claro que o sonho com Ivete é coisa sua. E o I´ll be watching you me lembrou aquele post que eu te mandei, hahahaha!

        Responder

      2. Patty’s avatar

        Me encontrei nesse texto!!! rsrsrsr

        Responder

        1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

          Ah, mas você sempre pode usar a desculpa “tava em chinêêêêêês, como eu ia saber?”. Hahahaha!

          Responder

        2. Carola’s avatar

          Hahahahaha! E tem gente que pensa que ser dona de casa é fácil! Ninguém parou pra pensar por quê que a mulherada resolveu querer trampar fora?!? Né?! A gente paga outra pessoa pra fazer tudo isso bem de boa, feliz da vida! Hahahahaha! Mto bom, Le! Bjos!

          Responder

          1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

            Abençoadas sejam as diaristas do céu e da terra. Amém.

            Responder

          2. Isa’s avatar

            Concordo que pagar alguém pra fazer tudo é bem mais prático, mas na falta, tomar esses cuidados é importantíssimo. Murphy está sempre ali, esperando seu piscar de olhos durar um pouco mais!
            Boas recomendações, Le! E a ilustra da Chan tá muito divertida, como sempre!
            Beijos!

            Responder

            1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

              Sabe que eu escrevi e depois encontrei com uma amiga cuja sogra botou fogo na casa 4 vezes? Hahahahaha! Claro, nada muito dramático. Mas eu ri quando soube. Beijão!

              Responder

            2. JulioHM’s avatar

              O texto é show de bola. Com a ilustração ficou melhor ainda!

              Responder

              1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

                Brigada! A Chantal desenha muito. Agora temos um acordo: ela desenha pra cá duas vezes no mês. ;D

                Responder

              2. Marina’s avatar

                Fiquei com medo até de falar, mas aqui em casa eu deixo a maquina de lavar funcionando e vou trabalhar :D
                Só isso. O resto, na cozinha, eu acredito. Aqui é um salve-se quem puder.
                Beijoca!

                Responder

                1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

                  É, na adolescência as máquinas de lavar fingem que curtem ficar sozinhas. Aí elas crescem e fazem birra. Pior que criança! É sim, é sim!

                  Responder

                2. Lidiane andrade’s avatar

                  Chantal is back!!!!!!
                  Lecs, uma vez, eu pus a chaleira no fogo pra fazer um café, e fui teclar no msn …. bem, não vou treminar contando o que aconteceu ( que a água evaporou todinha e a chaleira ainda ficou pretinha e praticamente prestes a derreter…ainda bem que era uma tramontina!).

                  Responder

                  1. Letícia Simoni Junqueira’s avatar

                    Eu morei com uma menina que sempre queimava a panela quando ia fazer miojo. Era a água que secava toda e ela lá, estudando… mas já é melhor que a outra, que deixou o óleo pegar fogo (porque tava no telefone) e o namorado apagou com extintor de pó químico. E ela chamando ele de herói. Arram, e adivinha quem limpou toooooodo o pó químico depois? Não foi o herói, te garanto!

                    Responder

                  2. Lidiane andrade’s avatar

                    Ahhhh e tem sempre algu7ma coisa estragando na geladeira… vou até olhar ela amanhã que hoje tá tarde pra isso!

                    Responder

                  3. San’s avatar

                    Cá estou eu de novo relendo esse texto que me fez rir mais um pouco… Tati, que bom que vc tem o Samuel p tirar o lixo, o Jr faz isso lá em casa tbem.. kkk, Leticia.. Salve salve todas as diaristas !! Amém mesmo!!
                    Bjos

                    Responder

                  4. renata’s avatar

                    Acho justo pagar uma diarista para poder ter alguém para colocar a culpa!

                    Responder

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *