{ Conto de fadas }

Era uma vez uma bela adormecida chamada Rapunzel. Ela tinha olhos grandes para ver melhor, orelhas grandes para ouvir melhor, nariz grande para cheirar melhor, e uma boca enorme para comer. Com tanta gula, era capaz de comer três porquinhos e uma maçã num único passeio na floresta – e, depois, tirar uma sonequinha, porque ninguém é de ferro.

Como se pode notar, Rapunzel não ficou tanto tempo assim tão bela… acabou ficando mais para patinho feio. Ainda assim, sua madrasta má contava as horas para o baile do príncipe, que procurava uma noiva. Assim se livraria da enteada comilona. Que coisa mais antiquada, seria mais fácil procurar uma agência matrimonial. Mas tudo bem. No dia do baile, Rapunzel, mais preocupada em comer que em agradar o bonitão, acabou fugindo com uma grande abóbora recheada de camarões.

A atitude indignou a mãe do príncipe, a Rainha de Copas, que botou os guardas em seu encalço para prendê-la e cortar-lhe a cabeça. Foi quando um gato risonho apareceu em frente à Rapunzel e indicou o caminho para a fuga. De quebra, ainda descolou umas botas que a faziam correr muito rápido, já que com um passo já ficava a léguas de distância (isso foi muito útil, porque a moçoila estava bem acima do peso).

Enquanto corria, ela notou que havia um pé de feijão enorme que crescia até além das nuvens. Ela subiu rapidamente e encontrou um castelo gigantesco. Lá, todas as travessas eram grandes: leitões, pães e doces em tamanho descomunal. Procurou pelo dono do lugar, mas foi informada que o gigante que habitava o castelo acabou abatido ao tentar recuperar o sapatinho de cristal de sua amada.

Assim, Rapunzel tomou conta da cozinha do castelo, contratou uma bruxa sem escrúpulos para atuar como consultora e entrou de vez no ramo alimentício, vendendo comida em porções gigantescas. Tornou-se uma empresária de sucesso e hoje espera uma fada madrinha que lhe consiga uma operação de redução de estômago.

Era uma vez comentários…

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *