{ Mensagem não enviada }

Abre essa tua boca e me diz o que você quer. Não fica só me olhando assim que eu cato as tuas coisas e jogo pela janela.

Diz que me quer e que eu sou sua e de ninguém mais. Me abraça daquele jeito. Só não fica quieto assim que teu silêncio me enlouquece.

Só não fica quieto assim que você me obriga a falar – e eu sempre falo demais.

Abre essa boca ou eu abro essa porta e te jogo fora. E não vale não acreditar, senão não brinco mais.

Eu só queria que você dissesse. Que sim ou que não. Mas eu não vou perguntar, você vai ter que me dizer.

Deixa eu te desgraçar, maldito. Deixa que eu te amo como nunca.

Abre essa boca ou eu abro essa porta.

eu quero brincar
mas não assim
quando o jogo não tem regra
alguém se quebra

será que o sonho acordou antes de mim?

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *