{ Bolinhos }

Ter contato com alguém todos dias é estranho. Dizer oi, tchau, bom dia, divirta-se, juízo. Todo santo dia. Ao mesmo tempo, é muito bom. Ter alguém pra dizer bom dia. Pra dizer que vai chover. Pra fazer companhia no mercado. Ainda não sei quando quero isso para mim, mas sei que quero.

Assim como quero flores naturais na sala e quadros na parede vazia do meu quarto. Plantas na sacada e bichos de estimação no quintal. Também queria ter mais tempo para fazer o que não tenho feito. Para dizer aos que eu gosto o quanto eu gosto. O quanto eu sinto. O quanto eu amo.

Mas, na Curitiba seca, todos os desejos são como cheiro de bolinhos de chuva fritando na gordura. Só que não há bolinhos, nem chuva. E eu queria tanto os dois. E tempo. Tempo de chuva para comer bolinhos. Com alguém para desejar bom dia.

Sossegue Coração

sossegue coração
ainda não é agora
a confusão prossegue
sonhos afora

calma calma
logo mais a gente goza
perto do osso
a carne é mais gostosa

Leminski

Bom dia!

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *