novembro 2007

You are currently browsing the monthly archive for novembro 2007.

Eu cansei de ser sempre a moça forte que pode tudo. As bolhas nos meus pés doem de ir atrás das coisas que eu quero. Sempre. Toda vez. Eu não sou essa muralha. Eu mal sou uma muretinha.

A gente discutia a incondicionalidade do amor. Eu não quero nada, só quero que você me ame mais do que acha que consegue. Um amor que não sabe que horas são, se eu sou mais esperta ou se vai chover. Um amor assim, daqueles que chegam e invadem tudo. Daqueles que não querem saber se você é completamente diferente de mim. Que não ligam se a gente é exatamente igual.

Eu quero que você bata no cara que me cantou no bar, que a razão saia pianinho pela porta da frente, que você alugue a casinha… e ame. Ame! Sem saber se tem amor de volta, se vai dar casamento, se vai ter que tomar muita cachaça pra esquecer ou se nós vamos ter nossos Sofia, Lara, Vinicius e João.

Eu quero alguém que me ame mais do que pense.

_

Não sei como fiquei tanto tempo longe daqui. Essa é a minha casa. Me esconder embaixo da cama não significa que eu não more aqui, certo?

Mais desabafo que qualquer outra coisa. Pelo menos não me tomam a casa (né, Cheshire? ;D). Volto logo. Mesmo mesmo mesmo, de verdade. Só não prometo textos melhores, hahahahahaha!

saudades!