{ O homem que eu quero ter… }

Nos últimos dias, li vários textos sobre o homem ideal. Como ele deveria ser ou deixar de ser. Então refleti sobre como seria meu homem ideal. A tampa da minha panela, a metade da minha laranja, minha alma gêma, minha cara metade, o chinelo velho pro meu pé cansado. E notei que o que pensei era um pouco diferente do que eu li. Igual, mas diferente.

O homem ideal

Eu queria que os olhos dele vigiassem meu sono. Que os braços enlaçassem meus sonhos. Que o peito amparasse meu ser. Queria que as pernas corressem com meus medos e que as mãos trouxessem meus anseios. Que o corpo buscasse meu prazer. A cabeça fervilhando idéias e os cabelos trançando projetos.

Meu homem ideal teria um cheiro que me acalmaria a alma e a voz de brisa para soprar palavras. Ele seria sempre melhor, e me faria melhor. Seria minha felicidade, minha saudade e minha tristeza. Porque eu haveria de chorar com ele.

E ele deverá partir depois de mim. Para que eu possa esperá-lo do outro lado. Ele fará tudo por mim, e eu farei o mesmo por ele.

… e talvez já tenha!

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *