{ Ontem }

Tem dias que eu levanto e sinto cheiro de tempos antigos. De amores passados, de lugares distantes. Às vezes o dia tem cheiro de ontem.

No ontem, eu tomava banho ouvindo música e minha mente criava vídeo-clipes. Ao som de “Resposta”, do Skank, a moça em preto e branco entrava na banheira com sua taça de vinho tinto e se cortava com uma lâmina de barbear. Todo o corpo, cheio de cortes, até morrer no fim da música. Era o que eu mais gostava de imaginar, mas desde então decidi manter objetos cortantes longe do meu banheiro.

O ontem não tinha cheiro de sangue, mas era repleto dele.

Comentários cortantes:

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *